17/08/2006

A América é vermelha


(foto: Gazeta Esportiva)

O Internacional, de Porto Alegre, ganhou seu primeiro título da Taça Libertadores da América.
Rafael Sóbis, Fernandão, Tinga, Fabiano Eller e até um desacreditado Clemer comemoram um título que Falcão, Caçapava, Elias Figueroa, Paulo César Carpeggiani, não conseguiram dar aos colorados.
O lance do jogo foi a falha de Rogério Ceni. O mito mostrou, à sua torcida, que é humano. E não foi a causa da derrota tricolor, apesar de, cá pra nós, ter ajudado muito.
A verdade é que o Inter mereceu.
E vai a Tóquio.
Espera-se, sem um desmonte do time campeão.
Parabéns à gauchada.
Foi merecido.

Um comentário:

gustavo disse...

merecidíssimo !